Mãe Oxum - O Amor PDF Imprimir E-mail
Escrito por Mãe Lurdes de Campos Vieira   

“Ainda que falasse a língua dos homens, e que falasse a língua dos Anjos,
sem o Amor, eu nada seria”.

Jesus Cristo

 

O amor é um sentimento abstrato, inato a cada pessoa, que se expressa com maior ou menor intensidade conforme o grau de evolução e merecimento daquele que o manifesta. Não há como comprá-lo ou fingir que o temos. É o amor que nos leva ao desenvolvimento das mais nobres virtudes humanas: a compreensão, a tolerância, a paciência, o entendimento do sentido de união e fraternidade, a doação sem condicionamentos, dentre outras. Estamos permanentemente recebendo a emanação do Amor Divino, pela própria Graça da Vida e, por isso,  deveríamos saber amar a tudo e a todos, como o Mestre Jesus nos amou e procurou ensinar, quando de sua passagem por nosso mundo. Na Coroa Divina do Criador Olorum, o Amor é a principal qualidade e atributo da Orixá Oxum. Quanto mais manifestarmos, interna e externamente, o sentimento real de Amor, mais receberemos o amparo e a irradiação divina de Mamãe Oxum, que atuará em nós e a partir de nós, tornando-nos seus semeadores.


Ela nos conduzirá e isso será um dos vários começos da nossa gratificante via evolutiva até Pai Olorum. O amor é uma conquista pessoal, como o amor por outra pessoa, pela religião etc. É vencer egos, conceitos e preconceitos, e, por se tratar do entendimento de cada um,  não pode ser tomado como parâmetro coletivo. Uma vez conquistado, nenhuma outra pessoa conseguirá tirar-nos ou fazer-nos perder esse sentimento. Mas, para que isto se fortifique e se intensifique em nós, devemos sempre estar em afinidade e sintonia com Mamãe Oxum. Essa sintonia irradia  uma camada vibracional, que estruturará em nós sentimentos puros, determinação, paz interior, equilíbrio e, principalmente, a vontade de amar e de conceder esse amor ao próximo. ...

O amor sempre esteve presente em nossas vidas, mesmo que nunca tenhamos percebido. Voltemo-nos de frente para a Mãe Oxum e recebamos, a partir de hoje, toda a sua irradiação de amor e comecemos amar a toda a criação, a nossa família, as pessoas que fazem parte de nossa vida, os lugares que freqüentamos e, principalmente, a nossa Religião que é a Divina e Sagrada Umbanda, caminho evolutivo por várias realidades de Deus na Sua Criação.

Mamãe Oxum é considerada a Mãe do Amor, da concepção, da afetividade, do carinho e da comunhão. É por ela que flui o amor de Pai Olorum.  Além de Orixá do amor e da concepção, ela agrega e dá inicio às coisas na vida dos seres. É Oxum quem mostra a importância, na vida nos seres, de todas as uniões e agregações que acontecem no Universo, do micro ao macrocosmo, através da irradiação de sua essência mineral. Até a agregação dos átomos e dos astros depende do seu fator. A energia de Mamãe Oxum está presente em todos os seres e em toda a Criação. ..

Mamãe Oxum, com seu magnetismo positivo, estimula as uniões, as agregações universais e o amor em toda sua amplitude. Sua essência energética mineral  torna todos os seres irradiadores dessa energia e, junto com Pai Oxumaré, gera vibrações, magnetismos e irradiações planetárias que atuam sobre os seres e em toda a Criação Divina, estimulando-os ou paralisando-os no sentido das agregações universais. Os termos positivo e negativo não significam bem ou mal, mas somente polaridades. Mãe Oxum manipula e transporta as sete essências Divinas e nenhum ser, criatura ou energia fica sem sua vibração essencial. Ela rege duas linhas de ação: a positiva, que estimula o amor, nas uniões e na  concepção, e a negativa, que anula o desejo de se unir e de se agregar a outras pessoas. ...

(*) – Veja o texto compleo no Manual Doutrinário, Ritualístico e Comportamental Umbandista Lurdes de Campos Vieira (Coord.) – Madras Ed.